em Academias, Noite Cultural

No dia 26 de outubro, como encerramento das oficinas de aprendizagem, aconteceu a Noite Cultural na sede da IYF Brasil, Santana. Durante um mês, os voluntários prepararam o evento com o propósito de passar toda a energia e cultura de cada país através das danças culturais.

A Noite Cultural contou com cerca de 200 participantes, dentre eles alunos e seus familiares, estudantes da Universidade Nove de Julho e outros participantes que receberam o convite.

Plateia assistindo a Noite Cultural

 

Com uma apresentação musical de Trombone e Tuba, os irmãos Gabriel e Miguel abriram o espetáculo. Logo em seguida, a Banda Glória apresentou a música “Um mundo Ideal” e “Best day of my life” que agitou o coração da plateia.

Na primeira parte das apresentações culturais, o público pôde sentir o gostinho e a sensação de estar em cada país, viajando das Ilhas Fiji até a África, e depois indo à Índia.’’

 

Apresentação da Banda Glória

Dança das Ilhas Fiji – Pate Pate

Dança da Índia – Bum Bum Bole

“As oficinas foram maravilhosas. Foi muito bom e os professores foram muito bons. Aprendi muito bem. Já leio e falo algumas coisas. A Noite Cultural foi impactante. Me senti em cada país. Eu gostei muito da palestra. Eu me identifiquei na parte em que ele falou sobre empatia de poder ouvir mais. E eu pude repensar em algumas atitudes minhas.” Beatriz, aluna da oficina de Coreano Alfabetização

Aluna Beatriz (ao lado esquerdo da foto)

A Noite também apresentou um momento de palestra de educação emocional, onde o palestrante José Kim falou sobre os níveis de escuta, os tipos de ouvintes e a importância da empatia. Segundo ele, a pessoa que sabe escutar o próximo, é a pessoa mais sábia.

Palestrante José Kim (ao lado direito da foto)

O evento foi encerrado pela dança da Jamaica, onde os voluntários Ricardo Lee e Adriana Lee, do Good News Corps, apresentam a dança e puderam contar um pouco sobre as suas experiências que estão tendo no Brasil, com uma cultura completamente diferente da deles.

Voluntários do Good News Corps – Ricardo Lee e Adriana Lee

“É a minha primeira vez na Noite Cultural, eu achei tudo muito ‘top’, muito novo pra mim. Uma coisa que mexe muito comigo é o fato das pessoas, tanto os voluntários quanto o próprio palestrante, virem de outro país sem terem a certeza do que vão encontrar aqui, mas mesmo assim você vê o sorriso nos rostos deles e isso motiva muito a gente. Porque a gente sabe que aqui eles não estão vivendo no luxo nem nada, eles estão servindo, e mesmo assim eles estar sempre felizes, levar alegria para as pessoas. Então eu acho que essa é uma das coisas que mais motiva nessas palestras, é ver a vida dessas pessoas que vêm de fora querendo ajudar a gente aqui no nosso país.” Amauri Tobias Marinho (Aluno da Uninove e da oficina de inglês básico)

Aluno Amauri

Dança da Jamaica – Bring the beat

Dança da América Latina – Parate

Através da Noite Cultural muitas pessoas tiveram a oportunidade de escutar a palestra de educação emocional e assim ganhar uma nova esperança em seus corações. Levar essa mensagem às pessoas que estão em busca disso, é o que motiva os voluntários a preparar esse espetáculo com alegria e com frequência.
Em dezembro, nas férias, serão iniciadas novas turmas das oficinas e espera-se que mais pessoas possam participar e aprenderem mais sobre a educação emocional.

 

 

 

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar